O que você sabe sobre as modalidades de DMA?

DMA

Com que frequência você investe na Bolsa de Valores? Se você conhece um pouco do mercado financeiro, sabe que o tempo é um dos aspectos que mais impactam os investimentos realizados. Fazer o acompanhamento da dinamicidade do mercado é o primeiro passo para fazer escolhas mais efetivas, o que hoje é permitido por meio da modalidade de DMA.

Mas, afinal, o que significa essa sigla? Qual o impacto do DMA nos investimentos? Quais as modalidades que podem ser trabalhadas? Confira as respostas a essas perguntas nos tópicos a seguir e saiba como aprimorar os seus investimentos!

Afinal, o que é o DMA?

O DMA é o acrônimo de Direct Market Access ou Acesso Direto ao Mercado. O termo é utilizado no mercado financeiro, especialmente no de capitais, a fim de descrever a infraestrutura de como as plataformas de negociação eletrônica são realizadas. Isso permite aos investidores uma interação com o book de ofertas da bolsa de valores e a negociação de qualquer ativo financeiro no mercado.

Segundo a B3, “o modelo de DMA representa, para o cliente final, acesso direto ao ambiente eletrônico de negociação em bolsa, autorizado por uma corretora e sob a responsabilidade desta, o que lhe permite enviar as próprias ofertas ao sistema de negociação e receber, em tempo real, as informações de difusão ao mercado, incluindo o livro de ofertas do sistema eletrônico de negociação”.

Quais são as modalidades de DMA existentes?

Existem quatro modelos de DMA existentes, cada qual com as suas especificidades. Confira quais são eles a seguir!

DMA1

A primeira modalidade é definida como tradicional. Nesse caso, o roteamento de ofertas é feito por meio de uma infraestrutura tecnológica (física) da corretora de valores. O que isso significa? As ofertas relativas aos ativos trafegam na infraestrutura da corretora antes de ser lançada na plataforma de negociação.

DMA2

A negociação é caracterizada quando os clientes finais utilizam sistemas que se conectam e roteiam as ordens diretamente no provedor. A grande diferença para o primeiro modelo (tradicional) apresentado é que a ordem não precisa passar pela corretora.

DMA3

Tal modalidade permite que o envio de ofertas seja feito por meio de uma conexão direta do investidor com a Bolsa de Valores, sem a necessidade de utilização da infraestrutura tecnológica da corretora ou mesmo de uma provedora.

Claro, é mantido um vínculo lógico do cliente com a corretora, pois ela que concederá o acesso, bem como estabelecerá os limites operacionais e monitorará as operações.

Via co-location

As ordens enviadas são geradas a partir de um sistema que está previamente instalado no espaço físico disposto da Bolsa de Valores.

O co-location tem a mínima latência, visto que a solução está instalada junto da bolsa.

Quais são as principais vantagens de ter acesso direto ao mercado?

O DMA é um tipo de serviço que permitirá tanto a compra quanto a venda de ações por investidores pessoa física por meio das corretoras, um contato direto com o livro de encomendas da Bolsa de Valores. Consequentemente, isso permite a esses investidores terem as oportunidades equivalentes aos negócios executados pelos profissionais mais experientes do mercado financeiro, mas há outros benefícios que merecem ser destacados. Confira a seguir!

Eficácia

O DMA pode ser considerado um sistema de alta performance, sigilo, transparência, bem como segurança. Tais características se devem à estabilidade das ferramentas. Ou seja, se o investidor quer emitir uma ordem de compra ou venda de ativo, ele consegue executar a ação com mais facilidade.

Aliás, o destaque em relação à eficácia se deve também à automação do processo, o que desencadeará outros benefícios, como os ganhos em escala, a redução dos gastos, entre outros.

Desenvolvimento de estratégias

Investidores sabem da importância de estratégias de negociação. Com a modalidade de DMA é possível estabelecer ações por meio de programas e algoritmos. Eles são capazes de aumentar a capacidade de análise e execução.

Equilíbrio da concorrência e visibilidade de ofertas

A democratização dos investimentos permitida pelo DMA é o que traz equilíbrio para a concorrência. Como dissemos, os investidores têm oportunidades parecidas a de grandes companhias de investidores, logo, quem fizer o melhor lance ganha.

Isso só é possível graças à visibilidade e disponibilidade das ações para os interessados no DMA. Além de acompanhar o livro de ofertas, o investidor consegue visualizar as cotações do mercado de ações em tempo real, o que permite encontrar a opção de investimento ideal.

Por meio do DMA, o investidor tem total transparência das ordens emitidas. Vale reforçar que as plataformas de DMA podem ser integradas com algoritmos de última geração que trazem eficácia e reduzem os custos, sendo uma boa oportunidade aumentar os resultados dos seus investimentos.

Gostou desse artigo sobre as modalidades de DMA? Quer continuar acompanhando as novidades do nosso blog? Nos siga nas redes sociais: Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin