Fique por dentro de 6 tipos de investimento de alto risco

investimento de alto risco

Você certamente já ouviu falar sobre investimento de alto risco. Mas o que o termo realmente significa? Entender o que chama a atenção de investidores ao falar sobre o assunto é muito importante. Afinal, permite que a busca por melhores rentabilidades em um período menor se torne muito mais bem direcionada.

Em poucas palavras, não existe investimento sem risco. Esse é um dos motivos pelos quais o FGC, Fundo Garantidor de Crédito, assegura valores abaixo de 250 mil reais. Porém, a estreita relação entre tempo e rentabilidade faz com que lucros maiores culminem em maiores chances de “perder dinheiro”.

Contudo, por meio das dicas certas, é possível aproveitar o melhor de um investimento de alto risco. Se você deseja saber mais sobre o tema, continue lendo!

Os tipos de investimento de alto risco

Para realmente compreender do que se trata um investimento que pode trazer riscos para você, é preciso conhecer, antes de tudo, exemplos. É por isso que foram separadas opções consideradas arriscadas e que, por consequência, tendem a trazer consigo maior rentabilidade.

1. Mercado Futuro

Sendo um investimento voltado para o futuro, ele não carrega consigo grandes garantias. Contudo, o Mercado Futuro permite a compra de papéis que serão, eventualmente, vendidos por um preço maior que foram comprados. Isso exige grande visão e experiência por parte do investidor. Em suma, ele inclui:

  • commodities;
  • ações;
  • dólares;
  • juros e mais.

2. Mercado de Opções

Esse mercado promove para o investidor o direito de comprar ou vender um ativo por um período e preço negociados — sem ter, de fato, a posse dele. A negociação acontece, em geral, na bolsa. As compras realizadas tendem a garantir um grande volume que traz bons lucros para o investidor, mas pede uma série de cuidados para que não ocasione a perda de dinheiro.

3. Fundos alavancados

Sendo amplamente reconhecido como um investimento de alto risco, alavancar um fundo nada mais é que a busca por multiplicar ganhos. Para isso, investe-se um montante que ainda não existe no momento. Ele é passível de grandes retornos, em especial se altos valores forem investidos. Porém, novamente, é preciso ter uma boa visão de investidor para garantir que haja o retorno esperado.

4. FIDCs

Chamados de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios, eles buscam lucrar a partir de empresas que procuram por financiamento. Dessa forma, o ganho esperado se dá por meio de juros. Porém, assim como no caso de qualquer empréstimo, existe a chance de você não receber o valor investido de volta.

5. Day Trade

Os lucros relacionados ao Day Trade advém das flutuações do mercado financeiro. Em outras palavras, o prazo de negociação é muito curto. Para aproveitar esse tipo de investimento de alto risco é preciso ter timing. Isso permitirá que os picos de valorização de ativos sejam aproveitados e gerem lucros.

6. Ações na Bolsa

As ações são as operações de risco mais conhecidas ao falarmos sobre investimentos. Elas permitem que partes de empresas sejam compradas e rendam por meio de dividendos. Assim, quando uma empresa lucra e divide o valor ganho, você receberá de acordo com a porcentagem comprada. Para muitos, lidar com o mercado de ações parece simples, mas exige atenção, visão e cautela.

Com tantos avisos, é possível que você se pergunte se um investimento de alto risco vale a pena. Contudo, isso depende do perfil do investidor. Para pessoas com suitability arrojada, eles são ideais e podem trazer diversas vantagens para sua vida financeira. Confira algumas a seguir.

Por que os investimentos de alto risco valem a pena

Conforme dito, não existe investimento sem risco. Porém, ao buscar plataformas confiáveis — como um homebroker e corretora de bolsa que agrega o melhor custo-benefício com um atendimento de qualidade — e estudos sobre o assunto, pode-se aproveitar diversos benefícios.

Possibilidade de adquirir papéis mais baratos de negócios pequenos

Quanto menor um negócio, mais risco ele apresenta ao mercado. Mesmo que esteja estável, ele é visto com maiores chances de “quebrar” que uma grande empresa. Afinal, ele tem, teoricamente, menos fundos para se manter. É por isso que seus papéis tendem a custar menos.

Alta rentabilidade

Seguindo a mesma lógica apresentada acima, pode-se falar sobre rentabilidade. Uma regra conhecida do universo dos investimentos em renda variável explica: quanto maior o risco, maior a rentabilidade. Um investidor que aplica nas opções citadas e que entende sobre o tema pode garantir excelentes lucros.

Geração de grande lucro no médio ou longo prazo

Há um equívoco bastante comum sobre o mercado de renda variável: o prazo. Há quem acredite que os investimentos são feitos apenas no curto prazo, mas isso não é verdade. É possível contar com grandes rentabilidades também a médio e longo prazo. Basta buscar por opções que se enquadrem em suas demandas financeiras, visando sempre manter sua carteira diversificada.

Como investir com segurança em ações de alto risco

Após compreender as muitas vantagens de um investimento de alto risco, é hora de saber como minimizar perdas. É possível fazê-lo por meio de algumas dicas simples, mas que exigem atenção.

Conheça os riscos

Entenda que sempre haverá risco na renda variável. O uso de ferramentas confiáveis e o conhecimento sobre o mercado podem ajudá-lo amplamente, mas não o tornam imune às perdas. Tenha sempre em mente o risco exato de cada aplicação a ser feita e mantenha-se informado em relação à flutuação dos últimos anos em relação ao ativo.

Analise as empresas

Por mais que negócios menores tendam a render mais, é importante estar atento. É fundamental investir em empresas confiáveis e que sejam minimamente conhecidas no mercado. Isso não significa que você deve fugir de novas opções. Basta se aprofundar no conhecimento sobre os ativos para saber se não se tratam de meras promessas.

Utilize uma metodologia comprovada

Especialistas do ramo falam, diariamente, sobre as melhores opções do mercado. Além disso, eles apresentam metodologias que norteiam seus resultados. Conte com elas para minimizar perdas. Busque também pelo controle das emoções que os profissionais têm. Conhecedores do assunto tendem a serem pacientes e frios ao lidar com riscos. Não tenha pressa para colher os resultados!

Diversifique as aplicações

Uma carteira diversa é uma obrigação de qualquer investidor. Isso se torna ainda mais importante em termos de altos riscos. Busque por ações de vários segmentos, varie entre as opções citadas e aloque ativos. Assim, você poderá controlar de maneira mais assertiva sua aplicação.

Um investimento de alto risco pode trazer incríveis resultados para quem aposta nele. Porém, para colhê-los, é preciso estudar e utilizar a plataforma certa. A CM Capital traz excelentes oportunidades para você e permite que você dê um plus em seus investimentos. Ela está há 20 anos no mercado e conta com um atendimento voltado para suas necessidades.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin