Como juntar dinheiro para viajar: um guia prático para suas férias!

viajar

Viajar está entre os maiores sonhos de consumo do brasileiro. Segundo o estudo “2019: Turismo, consumo & aeroporto: o super turista brasileiro”, feito pela Panrotas, cerca de 94% dos brasileiros têm interesse em viagens. No ranking de desejos, realizar uma viagem fica na frente até de mesmo de fazer uma faculdade/se formar e também construir uma família/casar. 

No entanto, para que esse objetivo se concretize e faça parte do dia a dia de mais famílias é preciso uma organização financeira. A grande dúvida que permeia grande parte desses viajantes é: como juntar dinheiro para viajar? Neste artigo, mostraremos algumas dicas imperdíveis para você se preparar!

Como juntar dinheiro para viajar em 7 dicas

Não importa se o seu destino é nacional ou internacional, viajar exige planejamento, especialmente financeiro, por isso, confira as dicas a seguir que o ajudarão a juntar dinheiro para a sua jornada!

1. Organize a sua vida financeira

Como dissemos, o planejamento financeiro é essencial para poder juntar um montante confortável para realizar a sua viagem. Por isso, comece elaborando um orçamento mensal para dividir o dinheiro de maneira que ele sobre para a sua jornada. Identifique como o seu dinheiro tem sido gasto e avalie as contas atuais, definindo metas de despesas baseadas em seus objetivos de longo prazo. 

Feito isso você terá uma ideia macro sobre o que precisa ser feito para economizar. Mas só ter essa noção não basta, é preciso acompanhar bem de perto as futuras despesas para que elas se encaixem dentro do que você planejou. Se tiver dívidas, comece pagando aquelas que têm os maiores juros, assim, você evita que se acumulem. Manter o equilíbrio o ajudará a planejar os próximos meses. 

2. Determine o quanto poupará e invista

Para determinar o quanto poupará é preciso primeiro identificar os custos da viagem, a fim de que isso evite aquele famoso sufoco financeiro por gastos imprevistos. Leve em consideração nesse cálculo aspectos como hospedagem, passagem, alimentação, transporte, passeios, presentes, seguro viagem, entre outros. 

A partir desse montante estimado determine daqui a quanto tempo a viagem será feita. Por exemplo, se o planejamento é para daqui um ano e o total estimado for de R$6.000, mensalmente você terá que juntar R$ 500. Mas não basta juntar, é preciso investir esse dinheiro para que ele renda, assim, caso algum imprevisto aconteça você terá uma margem de segurança para os gastos. 

Investir na educação financeira é essencial nesse processo, até mesmo para que os outros membros da sua família possam contribuir. Se decidir aplicar em ações, escolha uma corretora que ofereça o suporte sobre as melhores opções de ativos, levando em consideração as suas necessidades e o tempo que o dinheiro ficará na carteira. 

3. Mude alguns hábitos

Já percebeu quantas vezes gastamos dinheiro sem necessidade, o que acaba pesando no orçamento? Alguns hábitos são responsáveis por fazer com que o nosso orçamento fique apertado e eles podem ser facilmente substituídos se a sua ideia é economizar para a sua próxima viagem. 

Por exemplo, se todo dia você almoça em restaurante, que tal começar a levar a sua marmita de casa? Você não só poupará, como poderá ter uma alimentação mais saudável. Outro boa prática é que se você paga a academia, mas falta constantemente, que tal poupar essa mensalidade e começar a se exercitar ao ar livre? São atitudes simples, mas que fazem uma grande diferença na hora de juntar dinheiro.

4. Mantenha-se focado

Sabe aquela mania de pensar “ah, vou lanchar fora hoje, são só 15 reais”? Pois bem, ela é uma das grandes vilãs para quem deseja guardar dinheiro. Afinal, são esses pequenos gastos que no final do mês pesam no cartão de crédito e fazem com que a fatura fique nas alturas.

Se você cultiva hábitos diários desse tipo, repense as suas estratégias e não se esqueça do que aquele gasto representa no mês, sendo que ele poderia ser investido em melhorias na sua viagem. Por isso, mantenha-se focado no seu objetivo. Que tal deixar um lembrete na sua mesa de trabalho ou mesmo no celular, que o faça lembrar de como aquela viagem é importante e que todo esforço valerá a pena? 

5. Viaje em baixa temporada

Uma forma de economizar e fazer com que o montante juntado seja melhor aproveitado é optar por planejar a sua viagem para a baixa temporada. Mas qual a razão para isso? Basicamente, os preços praticados tanto por companhias aéreas quanto pelos hotéis e pousadas costumam ser bem menores, sem contar que alguns monumentos históricos que pedem ingressos para a entrada costumam cobrar taxas reduzidas ou mesmo permitir a entrada gratuita em determinados dias. 

Portanto, no momento em que estiver fazendo as cotações para o passeio, pesquise qual a baixa temporada e o quanto você gastaria se escolhesse essa opção. Vale a pena ainda recorrer à opção de uso de milhas para a compra de passagens aéreas. Alguns cartões de crédito revertem os gastos em pontos que podem significar um bom desconto no transporte aéreo.

6. Venda o que não usa mais

Fez todos os cortes necessários, mas viu que o dinheiro que sobrou para poupar ainda não é o suficiente? Uma estratégia que surte um bom efeito é vender aquilo que você não usa mais. Com o advento da internet, ficou mais fácil comercializar itens que não têm mais utilidade no seu dia a dia. 

Nesse caso, é interessante fazer uma limpa em closets e demais espaços de armazenamento verificando o que poderá ser vendido, mas lembre-se sempre de separar coisas em bom estado. Os itens podem variar desde livros, roupas, acessórios até aparelhos eletrônicos. 

7. Acompanhe o seu progresso mês a mês 

Separe um dia do mês para fazer a revisão de todos os gastos daquele período. Observe qual custo ficou acima do esperado e o que conseguiu ser reduzido, isso o ajudará a elaborar um plano de ação ou mesmo aproveitar e juntar mais dinheiro para a sua viagem dos sonhos. 

Inclusive, quando falamos sobre investir o dinheiro, vale a pena observar as oscilações diárias da cotação da ordem. Procure sempre checar se a carteira de investimentos escolhida é a mais adequada às suas pretensões.

Viu como juntar dinheiro para viajar não é tão complicado? Mas é preciso organização e também maior consciência dos gastos. Não se esqueça de que apostar nos investimentos ajuda a multiplicar os seus ganhos. 

Que tal compartilhar este conteúdo nas suas redes sociais? Assim, você reproduz essas dicas para os seus amigos que também querem viajar e realizar a viagem dos sonhos!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin