Auto-Performance e Alimentação

auto-performance

Analisando o comportamento humano de algumas civilizações, algo me chamou a atenção em alguns povos em relação aos aspectos que envolviam o uso da mente humana. Na Índia, por exemplo, um país subdesenvolvido com problemas de saneamento básico, fome, saúde, miséria, como poderiam nascer tantos pensadores e cientistas das áreas de Economia, Medicina e Filosofia? Como exemplos, temos o indiano Amartya Sem que recebeu em 1998 o Prêmio Nobel de Economia; Osho, formado em filosofia, o qual dava aulas na Universidade de Jabalpur e iniciou um ciclo de palestras ao redor da Índia e também falava muito a respeito de meditações; Mohandas Karamchand Ghandi, líder espiritual e pacifista indiano, que quando adulto foi estudar direito em Londres (Inglaterra), formando-se advogado e ao retornar para a terra natal, tornou-se membro do Supremo Tribunal de Bombaim. Outras figuras importantes também deixaram seu legado como grandes filósofos e pensadores indianos. Atualmente existem grandes renomados traders por lá, assim como uma porção significativa de bons programadores e profissionais da área de Tecnologia de Informação.

Descobrindo sua auto-performance

“Como coach, procuro sempre expandir minha percepção para aspectos não somente mentais, mais também físicos, pois quem entrega toda a capacidade mental é um órgão físico chamado cérebro.”

Procuro também aumentar o leque de percepção dos meus clientes de coaching para esses aspectos. O objetivo desse artigo é mostrar como você pode atingir auto-performance e excelência na sua vida como um todo. Quase todos pensam que se trata apenas de resultados, desempenho e cumprimento de metas, auto-performance é muitos mais que isso, trata de englobar e desenvolver seu potencial como um todo, na sua profissão e também na vida. Nossa saúde física é fundamental para o processo de auto-performance. Como disse, quem entrega os melhores resultados é um órgão físico, que precisa de energia e de combustível para exercer com maestria o que lhe é exigido do mental e emocional.

Desenvolvimento do nosso cérebro

Ao citar os indianos acima, como também os japoneses, conhecidos por sua capacidade mental, querem elevar nosso pensamento ao tipo de alimentação diferenciada dos povos ocidentais (Nós).

Na índia é comum usar uma manteiga chamada Ghee, livre de lactose, nos pratos, eles cozinham seus alimentos com essa gordura. Como o boi e vaca são animais sagrados por lá, não fazem uso de carne bovina, que se difere do peixe por ter fibras consistentes e a digestão se torna um tanto lenta em relação à proteína do peixe. Esses dois povos fazem uso diário de alimentos que proporcionam a eles maior aproveitamento da capacidade mental. Como nosso organismo foi feito para poupar energia, se ele precisa de energia para uma digestão lenta, de algum lugar ele precisa tirar. Nada mais inteligente de um sistema complexo como o nosso, do que poupar energia do cérebro, pois ele é responsável por aproximadamente 20% do consumo para nossas atividades. Não estou falando para não fazer uso desses alimentos, que contém lactose ou carne bovina, porém preste atenção à quantidade, pois o que faz a diferença não é algo que você faz de forma esporádica e sim o hábito diário.

As células nervosas são amplamente compostas de lipídios. Por essa razão a ingestão de gorduras saudáveis em uma dieta, são extremamente importantes para a criação e manutenção da saúde cerebral.

Afinal, qual o segredo?

Em razão do cérebro, ser composto amplamente por ácidos graxos, ele é extremamente suscetível a sofrer danos por oxidação, causado por radicais livres, que são moléculas altamente reativas que atacam e danificam as membranas celulares, proteínas e mesmo o código genético, trazendo também envelhecimento e doenças como, por exemplo, o Alzheimer.

Além disso, para ter um bom funcionamento do cérebro é importante não passar muitas horas sem comer, pois o cérebro fica facilmente sem energia. Beber 1,5 a 3 litros de água por dia é importantíssimo, pois se o corpo estiver desidratado o cérebro não funciona bem.

Talvez nesse momento você possa traçar um paralelo entre esses dois povos considerados inteligentes com o tipo de alimentação a qual fazem uso.

CORPO E MENTE SÃO PROCESSOS SISTÊMICOS

Ao tratarmos de um estamos automaticamente beneficiando o outro, pense nisso!

Enfim, se você gostou, se inscreva no nosso canal do YouTube e faremos uma série de aulas a fim de alavancar seu Mindset e sua inteligência emocional para aplicar no mercado financeiro.

Escrito por Cissa Grilli, Coach do Trader, exclusivo para CM Capital e.PLUS

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin