7 livros sobre mercado financeiro que você precisa ler

7livrossobremercadofinanceiroquevoceprecisaler

Bill Gates, um dos bilionários mais famosos do mundo, cultiva um hábito ao qual ele atribui grande parte do seu sucesso como empreendedor e investidor: a leitura. Para o americano, os livros são bastante responsáveis por abrir a nossa mente, despertar o nosso senso crítico e, também, nos proporcionar a chance de avaliar cenários antes impensáveis.

“Todo livro me ensina algo novo ou mesmo me ajuda a ver as coisas de maneira diferente”, destaca Gates à revista Time. Para quem está querendo conhecer mais o mercado financeiro, por exemplo, recorrer apenas a planilhas e números não basta. É preciso se capacitar constantemente, inclusive porque o mercado passa por transformações de maneira recorrente.

Seguindo o conselho de sucesso do fundador da Microsoft de inserir mais leitura ao dia a dia, confira a seguir uma lista com livros sobre mercado financeiro que você precisa conhecer!

1. Mercado Financeiro (Eduardo Fortuna)

Eduardo Fortuna é engenheiro eletricista e doutor em administração e finanças. Ao longo de sua jornada profissional, ele passou pelos setores de produtos de uma instituição bancária e também pelo marketing no mesmo segmento. A partir dessa experiência em bancos, Fortuna escreveu o livro “Mercado Financeiro”, que se tornou um best-seller no segmento e hoje já está na sua 20ª edição.

A obra contempla uma visão ampla do funcionamento do sistema financeiro nacional, cobrindo grande parte dos mercados financeiros. A ideia é que o leitor não só aprenda a investir, mas também consiga usar e transmitir os seus conhecimentos sobre finanças.

Por meio de uma linguagem simples e da riqueza de detalhes, Fortuna faz um panorama completo sobre produtos, serviços e diferentes instituições do mercado financeiro, levando em consideração ainda aspectos regulatórios.

2. The Big Short (Michael Lewis)

O livro “The Big Short”, de Michael Lewis, é uma obra de não-ficção que tem como temática principal a bolha imobiliária nos EUA nos anos 2000. Por meio da sua narrativa, Lewis mostra as complexidades que levaram ao colapso econômico da bolsa.

Considerado um dos maiores cronistas do nosso tempo e autor de best-sellers, Michael Lewis criou uma obra para aqueles que ficaram curiosos a respeito dos bastidores de um dos maiores problemas econômicos ocorridos na atualidade.

O intuito é que a pessoa que está lendo o conteúdo tenha uma perspectiva sobre a invenção de títulos impenetráveis para lucrar com a miséria de americanos das classes baixa e média, que não podiam pagar as suas dívidas. Um interessante retrato sobre o papel de alguns investidores em todo o cenário.

3. Os Axiomas de Zurique (Max Gunther)

Os axiomas são considerados verdades inquestionáveis com validade universal. Eles são usados nos princípios da construção de uma teoria ou como base argumentativa para uma situação. Em “Os Axiomas de Zurique”, as verdades dos banqueiros suíços, considerados alguns dos mais famosos e ricos setor, são reveladas.

O primeiro axioma é como milionários advindos de todos os continentes conseguem aplicar dinheiro no país europeu no anonimato, dada as regras das instituições financeiras suíças. Segundo, como os investidores suíços sabem como ganhar dinheiro por meio de metodologias que funcionam independentemente do lugar ou da situação econômica.

Max Gunther ainda mostra como alguns indivíduos no pós-guerra ganharam bastante dinheiro investindo em diferentes ações, desde imóveis até moedas estrangeiras, transformando a Suíça em um país riquíssimo. Para quem deseja aprender a aumentar a lucratividade dos investimentos e diminuir os riscos disso, a obra de Gunther é imprescindível na sua estante.

4. O Milionário Mora ao Lado (Thomas J. Stanley e William D. Danko)

Você saberia reconhecer um milionário? Existe um estereótipo bastante comum de que os milionários são esbanjadores, vivem em mansões e passam os dias viajando. Na verdade, o livro de Stanley e Danko desmistifica toda a questão, mostrando que grande parte dos milionários americanos são pessoas comuns, que vivem até mesmo abaixo das suas possibilidades financeiras, mas que sabem como ninguém onde e quando investirem o seu dinheiro.

Para quem deseja uma inspiração para enriquecer, o livro traz lições valiosas, desde investir uma parte do dinheiro ganhado mensalmente até como economizar nos gastos diários. Outra questão trabalhada por eles diz respeito às horas reservadas para o planejamento financeiro. Enfim, uma obra com variadas e valiosas lições comprovadas por meio de pesquisa com vários milionários.

5. O Capital no Século XXI (Thomas Piketty)

Outra opção na lista de livros sobre mercado financeiro é “O Capital no Século XXI” do francês Thomas Piketty. A obra é uma das mais aclamadas no mercado de economia, devido à extensa pesquisa do autor que durou cerca de 15 anos. Nela, Piketty estudou sobre a concentração de riqueza, além de questões ligadas à desigualdade.

Um dos aspectos mais interessantes dos escritos é que eles estão apoiados em informações do século XVIII de uma série de países para chegar a conclusões decisivas. Por meio de uma série de ensinamentos, “O Capital no Século XXI” é um verdadeiro guia para quem almeja seguir lucrando com os seus investimentos, independentemente das crises no mercado mundial. Isso se dá especialmente porque ele foca na compreensão dinâmica sobre a ligação entre crescimento econômico e rendimento.

6. Os Grandes Investidores (Glen Arnold)

O que grandes mestres investidores, como Warren Buffett, George Soros e John Neff, falariam a uma pessoa que pretende investir? No livro de Glen Arnold, o leitor tem a oportunidade de conhecer as histórias de sucesso e lições de nove grandes nomes do mercado financeiro.

A principal questão abordada por Arnold é que o sucesso veio até essas pessoas porque elas compreendiam profundamente os tipos de ações que estavam comprando. Portanto, não vá esperar que a obra dê todos os detalhes estratégicos do investimento, mas sim insights sobre como se portar nesse mercado. A leitura de “Os Grandes Investidores” é uma forma de se manter proativo diante de uma questão delicada e determinante para o seu futuro.

7. Avaliando Empresas, Investindo em Ações (Carlos Alberto Debastiani e Felipe Augusto Russo)

Em “Avaliando Empresas, Investindo em ações”, Debastiani e Russo falam sobre os princípios da teoria de uma análise fundamentalista de empresas. A partir desse conhecimento, o investidor poderá optar por qual organização investir.

Por meio de uma linguagem didática, os autores ensinam como analisar a saúde financeira de corporações distintas, o que envolve desde um indicador de balanço até a análise de liquidez e riscos, tanto para empresas nacionais quanto internacionais. Uma oportunidade para quem deseja investir no mercado de capitais.

“Livros são a melhor maneira de explorar novos tópicos”. Mais uma vez voltamos ao Bill Gates e ao seu exemplo. Por meio dessa lista, nós queríamos destacar a importância de conhecer livros sobre mercado financeiro, fazendo assim com que esse conhecimento possa ser adquirido corretamente.

Gostou deste artigo? Quer continuar recebendo informações? Assine a nossa lista do Telegram!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin