Market Profile: O que é e como usar na prática

marketprofile02

O que é Market Profile?

Market Profile é uma ferramenta criada pelo trader da CBO(Chicago Board of Trade) J. Peter Steidlmayer na década de 80. A diferença entre o Market Profile e um gráfico normal é que no lugar de barras e candles, a atividade do mercado é mostrada através de letras chamadas de TPO(Time Price Opportunity).

Cada letra corresponde a um intervalo de 30 minutos de negociação, e cada preço onde você encontra a determinada letra significa que durante aqueles 30 minutos ocorreram negócios naquela faixa de preço.

Com essa ferramenta, Steidlmayer criou uma forma de rastrear áreas de maior atividade dos participantes do mercado e áreas de rejeição. Com base nisso, podemos dizer que o Market Profile é:

  • Uma estrutura para organizar o mercado em desenvolvimento.
  • Uma exibição horizontal e vertical do processo dinâmico de atividade de mercado.
  • Uma exibição visual do “valor” atual do mercado ou faixa de preço “justa”.
  • Uma ferramenta de apoio à decisão para ajudar os traders a entender melhor a condição ‘atual’ do mercado.
  • Uma ferramenta que registra a atividade atual do mercado através da organização do tempo, preço e volume.
  • Uma reflexão gráfica de todas as opiniões dos participantes do mercado(Isto é extremamente importante).

Conceitos do Market Profile

Tempo = Aceitação do Preço.

Os mercados negociam em torno de um determinado preço ou nível, determinando a aceitação dos participantes em se negociar nesta faixa de preço. Este preço consideramos como preço justo.

Isso é determinado pelo consenso dos participantes do mercado durante esse período de tempo.

Quando há um afastamento acentuado de um determinado preço ou nível entramos na área de rejeição. No vocabulário do Market Profile, é chamado de EXCESSO. Esses preços ou regiões não foram aceitos pelos participantes e ocorre o processo de rotação. Podemos utilizar estas regiões para definirmos áreas futuras de Suporte ou Resistência.

Estas regiões formam um figura balanceada e quando os preços se movem para fora desta faixa de negociação, sem a presença de volume, ele tende a retornar à área central.​​

Gráficos do Market Profile

Esta ferramenta mostra graficamente quanto tempo um mercado permanece em um determinado preço ou região, e mostra como o valor é construído. Um gráfico tradicional mostra a relação entre Preço e Volume em um ponto específico no tempo.

A “área de valor” do perfil de mercado é a faixa de preço em que 70% do volume total de negociação ocorreu (primeiro desvio padrão).

A ação do preço naturalmente se organiza em uma série de curvas em forma de sino à medida que o mercado volta ao equilíbrio.

Os Gráficos nos ajudam a visualizar o que o mercado já fez e está fazendo atualmente. Lembre-se de que os mercados não são estáticos e estão em constante transformação.

Resumindo, os gráficos de Market Profile nos ajudam a determinar / visualizar, levando em consideração os leilões(Regiões de atividade em forma de sino) se o mercado se encontra em tendência ou permanece lateral negociando numa região de preço justo.

Técnicas e estratégias utilizadas para mercado em tendência podem ser bem diferentes do que as utilizadas em mercado laterais.

Teoria do Mercado de Leilões(Auction Market Theory)

Preço / Hora + Volume = Valor.

É natural que preços mais altos atraiam vendedores e preços mais baixos atraiam compradores. As rotações para cima e para baixo é o processo usado para a “descoberta de preço”, ou seja, a descoberta do preço ou região que ambos os lados concordam, estabelecendo assim “valor”.

Mercados de leilão são um processo dinâmico. Esta teoria ajuda a explicar como os mercados funcionam e fornece pontos de referência onde as decisões podem ser tomadas. 

Importante salientar, que isto não serve como forma de prever algum movimento do mercado.

Com esta Teoria conseguimos entender o que está ocorrendo naquele exato momento. O mercado está balanceado? Está em tendência? Está num ponto de rotação?

O processo de leilão do mercado

O processo de leilão do mercado representa o processo de oferta e demanda, e também de aceitação e necessidade por parte dos participantes.

Basicamente, o mercado sobe até onde não existam mais compradores e desce até onde não existam mais vendedores.

​Mais especificamente, o mercado move-se direcionalmente em busca de uma resposta direcional oposta, resultando na parada do movimento direcional inicial.

A compreensão deste processo de leilão através da utilização de “ferramentas” de mercado, como o Market Profile®, permite que traders e investidores identifiquem e respondam eficazmente aos cenários de “continuação ou alteração” do mercado.

Um fator chave na identificação de potenciais cenários de ‘continuação ou mudança’ é a exibição vertical e horizontal do Market Profile da própria atividade atual do mercado e suas relações atuais de preço / valor.

A seguir estão vários aspectos importantes para você para entender os benefícios de usar o Market Profile® como uma ferramenta em seu dia de trading:

  • Direção
  • Balanço inicial
  • Ponto de controle
  • Extensão de Alcance
  • Caudas / Impressões Individuais
  • Intervalos de negociação
  • Tendências
  • Volume

Direção

Entendendo o viés direcional atual do mercado e a FORÇA desse viés.

Leilões até a compra esteja esgotada.

Leilões até que a venda esteja esgotada

Balanço inicial

Este é um conceito muito importante. A abertura ou balanço inicial definimos como sendo:

  • Faixa estabelecida durante os dois primeiros períodos de negociação(Primeira 1 hora).

Alguns traders usam a primeira meia hora, outros a primeira hora. De acordo com os conceitos de Market Profile, 30 minutos e a primeira hora são consideradas normais.

Os primeiros momentos do mercado são importantes para saber o quão agressivos, dispostos estão os participantes já no início do pregão.

Podemos filtrar boas oportunidades se observarmos a região de abertura e como o mercado se desenvolve nos primeiros minutos.

Ponto de controle

O Ponto de controle é o preço onde a maioria das atividades ocorreram durante uma sessão de negociação.

Podemos dizer que define uma área onde há muita participação, portanto é uma área de referência importante que deve atuar como um eixo central no centro de uma figura balanceada. ​

Muitos traders utilizam o POC de forma equivocada, executando seus trades exatamente nesta região. O POC não é considerado como sendo uma região de vantagem para se comprar ou vender, além de acionar stops desnecessários pois se encontra da região de maior atividade do dia(maior ruido).

Há uma teoria de que um POC que foi formado e ainda não foi revisitado, determinaria a próxima área provável na qual os preços poderiam se deslocar. Como os mercados buscam liquidez, players institucionais e algoritmos tenderiam a ser atraídos para essas áreas.

Seta indica o POC.

Extensão do Range

Um teste ao se negociar num preço fora do intervalo de primeira hora estabelecido, indica que participantes mais agressivos entraram no leilão.

  • Negociação de preço além do Balanço Inicial ou abaixo.
  • Nenhuma extensão de intervalo geralmente significa que investidores de curto prazo estão no controle do mercado.
  • Extensão de faixa geralmente significa investidores de longo prazo estão no controle do mercado.

Alguns traders usam porcentagens para categorizar a qualidade e o tipo de extensão, exemplo 100% 200% por diante. ​

Caudas Longas e Single Prints

Através do Market Profile conseguimos visualizar dias nas quais ocorreram entradas agressivas de compradores ou vendedores. 

Buying Tail – Formada pelo mercado em baixa e compradores entrando agressivamente no mercado. Este tipo de cauda é formado por impressões únicas (TPOs individuais) na parte inferior de um perfil. É uma boa indicação da reação dos compradores – ou apetite para comprar em regiões de preço onde são consideradas ótimas oportunidades. Quanto maior número de TPOs únicos que formam a cauda de compra, maior é a agressividade dos compradores.

Selling Tail – Formada pelo mercado em alta e vendedores que entram agressivamente no mercado. É formado por impressões únicas (TPOs simples) no topo de um perfil; uma boa indicação das reações dos vendedores ou do apetite para vender em regiões de preço onde são consideradas ótimas oportunidades. Quanto maior número de TPOs únicos que formam a cauda mais agressiva é a reação dos vendedores.

Compra e venda de caudas são consideradas formas de excesso. Normalmente, de acordo com as regras do Market Profile, elas não devem ocorrer durante os últimos 30 minutos do dia.

Ranges de Negociação

De acordo com os conceitos do Market Profile, existem vários tipos de range com característica diferentes devido ao tipo de participante presente e seu comportamento.

Um mercado balanceado

Refere-se a intervalos de negociação, áreas de equilíbrio, áreas de congestão e faixas de consolidação – todos esses termos são sinônimos.

Dentro destes intervalos de distribuição, a reversão do mercado nos extremos favorece bastante os traders de curto prazo. Maiores oportunidades ocorrem em regiões de preço fora desses intervalos de contenção. O equilíbrio ocorre em todos os prazos. ​

Equilíbrio e excesso são os dois conceitos mais importantes porque significam mudança ou existe um potencial para uma mudança ocorrer.

  • Um intervalo estreito de preços que persiste no tempo.
  • Faixa de balanço inicial geralmente maior que a média.
  • Arestas balanceadas confirmadas criam risco e oportunidade.
  • Um intervalo de negociação é definido pelo período de tempo do trader.
  • Principalmente um mercado de trader de curto prazo.
  • Geralmente caracterizado por pouca ou nenhuma participação do investidores de longo prazo.
  • A chave para negociar uma faixa de negociação é ser paciente e esperar que o mercado “teste” os extremos e, em seguida, ocorra um falso rompimento.
  • Mais oportunidades de negociação com potencial limitado.

Tendências

Tendências de mercado são mercados que estão se movendo claramente em uma direção. 

​Os mercados em alta, mercados de tendência realmente acentuados dão poucas oportunidades de entrarmos em situações confortáveis. É preciso aceitar entrar em trader ou construir posições em áreas que podem parecer muito desconfortáveis – Preços muito altos preços ou muito baixos.

  • Um mercado movendo-se com uma direção clara e sustentada.
  • Divergência de preço fora do valor justo.
  • Um mercado de tendência move-se direcionalmente até encontrar “valor” ou “preço justo” onde é interrompido por uma resposta oposta.
  • Para os traders intraday, as tendências geralmente são “telegrafadas” por um balanço inicial estreito ou por notícias(drivers).
  • Como mencionado na descrição inicial, a localização do trade é geralmente secundária à execução do trade em si(não é regra).
  • As mudanças de área são fundamentais para as tendências de do mercado. ​

Área de valor e valor

  • O valor é identificado pela aceitação de preços, ou seja, uma zona de preço em que o mercado é negociado ao longo do tempo.
  • Preço ou região rejeitada é onde o mercado permaneceu por tempo mínimo de negociação, ou seja, caudas / impressões únicas(TPO).
  • Preço x Tempo = Valor!
  • A área de valor é aquela área / zona onde aproximadamente 70% (1 desvio padrão) do volume da sessão foi registrado.
  • A área de valor – onde os negócios ocorreram de forma bilateral principalmente.
  • Uma medida chave da atividade geral de mercado atual.
  • O intervalo da área de valor é um dos aspectos utilizados para definir o mercado em tendência ou lateral.
  • Abertura de mercado e negociação acima da área de valor favorecem preços mais altos.
  • Abertura de mercado e negociação abaixo da área de valor favorece preços mais baixos.
  • Muitas vezes o viés direcional do mercado pode ser determinado pela contagem de TPO.

O gráfico abaixo mostra a curva em forma de sino associada ao perfil de mercado e que melhor define um mercado equilibrado, balanceado.

Volume

Se o preço é o motor, o volume é o combustível que alimenta esse motor! Volume é relativo. Mercados estão em constante mudança, e tentar determinar a quantidade específica de volume que deve ser considerada alta ou baixa pode ser uma tarefa difícil.

Nós devemos pensar e comparar com outras sessões. Como é o volume inicial desta sessão em comparação com as últimas sessões. Quanto volume está sendo negociado hoje, comparado com a última média dos últimos 30 dias?

Como o mercado está respondendo ao volume. Reage positivamente ou tem uma reação sem ânimo?

Nós só podemos identificar tais aspectos se mantivermos um estudo diário e nos prepararmos com antecedência. No calor da batalha isso fica muito mais difícil.

  • Leitura de volume através de comparações de volume, ou seja, maior que, menor que ou igual a volumes anteriores.
  • Relações de convergência versus divergência entre preço e volume.
  • Áreas de alto volume tendem a atrair a atividade do mercado. Áreas de baixo volume tendem a rejeitar a atividade do mercado.
  • O volume é melhor interpretado ao longo do tempo e em relação ao volume médio.

Bastante conteúdo, certo? Se gostou deste post, deixe seu comentário abaixo e fique sempre à vontade para compartilhar os conteúdos do TraderHub.

Escrito por Juliano F.
https://traderhub.com.br/market-profile-na-pratica/

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin