Qual a diferença entre Day Trade e Swing Trade? Entenda!

Day Trade e Swing Trade

Definir a forma como serão tomadas as suas decisões em relação aos investimentos exige conhecimento sobre as modalidades operacionais. Duas delas se destacam, o Day Trade e o Swing Trade.

A ideia deste artigo é justamente explicar qual a diferença entre Day Trade e Swing Trade e como cada uma dessas operações funciona. Mas, antes, vamos ver o que significa ser um trader e quais as vantagens de atuar dessa maneira. Confira!

O que significa ser um trader e quais as vantagens?

O trader é um tipo de investidor que procura ganhar dinheiro por meio de operações de curto prazo, trabalhando para isso em cima da volatilidade do mercado. Isso significa que os ganhos que ele obtém, vêm da compra ou venda de ativos comercializados na Bolsa de Valores.

Esse tipo de investidor é fundamental no mercado, pois a atuação dele tem impacto sobre a precificação de ativos comercializados em curto prazo, além de lhe dar maior liquidez. A volatilidade econômica alta enfrentada pelo país ajudou no aumento dos ganhos dos traders, o que fortaleceu tal carreira.

Atuar na área pode ser vantajoso, especialmente porque não é preciso ter uma formação específica para começar. Sem contar o fato de que é possível obter ganhos acima da média, dependendo da expertise e dedicação do profissional.

Outro ponto vantajoso diz respeito à liberdade do profissional de criar as suas próprias estratégias de atuação. Ele pode operar em position, day trade, swing trade, entre outros.

Sem contar a possibilidade oferecida pelas corretoras de alavancagem, que é uma opção de operar com capital maior do que realmente tem em conta. Logo, não é preciso ter todo o ativo financeiro para a compra de uma quantidade de ações, ou mesmo a margem para a liberação de contratos futuros.

O que é Day Trade?

Depois de entender em que consiste o trabalho de um trader e como atuar de maneira eficaz rumo ao sucesso, é preciso conhecer as possibilidades de O Day Trade é uma estratégia de compra e venda de ações no mesmo dia.

O objetivo estratégico dessa ação é permitir que o investidor aproveite a volatilidade constante do mercado de ações. Por exemplo, se você comprou ativo de uma determinada empresa às 10h, mas decidiu vender às 15h, podemos considerar a transação um Day Trade.

Mas, não é algo arriscado? A dúvida é comum. Os riscos até existem, mas são menores. Isso porque não há presença de gaps de abertura e o stop é mais curto, proporcionando maior potencial de retorno.

Quando se fala em Day Trade ainda vale destacar a agilidade de negociação, permitindo que o negociador possa focar em prazos de compra e venda mais curtos. Sem contar, a possibilidade de alavancagem dos investimentos.

Como se trata de uma operação diária, é importante que o trader adote uma postura de análise constante de números e variações de gráficos, a fim de identificar tendências e padrões de mercado, utilizando os dados a seu favor na hora de investir.

Não existe um limite diário para as operações, ele é definido pelo capital que o investidor tem e pela alavancagem permitida pela corretora onde faz as transações. Tirando isso, é possível fazer quantas transações desejar.

O que é Swing Trade?

O Swing Trade é uma metodologia de operação em trading de curto prazo para atuação no mercado de capitais. As pessoas que optam por esse tipo de operação, apostam em tendências de mercado para ganhar dinheiro tanto com ações como mercado futuro, opções, entre outros.

Esse é um modelo de trade com menos riscos e que também oferece maiores oportunidades de ganhos para quem o escolhe. Ela costuma ser uma opção mais segura se comparada ao Day Trade.

É importante lembrar que o swing trader toma as suas decisões por meio de uma análise técnica, gráfica, fundamentalista ou mista, tendo mais tempo para isso. Ou seja, não precisa definir tudo no espaço de um dia, diante disso, explicaremos quais as diferenças para o Day Trade.

Qual a diferença entre day trade e swing trade?

O Swing Trade é uma forma de trading que traz menos riscos ao investidor e maior possibilidade de ganhos quando comparado ao Day Trade. No caso do primeiro, a estratégia de compra e venda de papéis pode variar conforme o seu planejamento.

O swing de mercado pode apresentar diversas ondas; se pegar um gráfico e analisá-lo, poderá ver os movimentos e que eles levam dias para que isso aconteça.

Uma das vantagens do Swing Trade é justamente a possibilidade de ganhar em curto prazo, não ser necessário acompanhar o mercado ponto a ponto. No caso do Day Trade, foco e disciplina são fundamentais e o operador precisa estar atento ao mercado durante toda a operação.

Para o swing trader, o gerenciamento de riscos acontece, mas a escala é bem menor se comparada ao Day Trade. O fato comum entre eles é que todos têm seus stops loss e gain. No entanto, o Swing Trade tem um terreno mais amplo para lucro. Em compensação, quando ele se consolida, é mais complexo aproveitar todas as altas e baixas que acontece no mercado.

A opção pelo Day Trade deve ser adotada por pessoas que já têm expertise de mercado, atuando de maneira ativa nas operações. Por sua vez, o Swing Trade é uma boa opção para aqueles que estão iniciando as suas operações como trader. Isso não significa que o profissional não precise ter conhecimento, pois é fundamental que ele domine a análise técnica e fundamentalista.

Ambas as modalidades de operação exigem do investidor uma postura de atenção, especialmente em relação ao dinheiro empregado. O aconselhado é sempre começar com poucos recursos e depois ir injetando maiores quantias, assim, você consegue sentir como o mercado está e projetar melhor as suas estratégias de investimento.

Aliás, existem outras modalidades como a DMA, portanto, vale a pena conhecê-las a fim de escolher aquela que melhor se encaixa em suas demandas.

Saber a diferença entre Day Trade e Swing Trade é o primeiro passo para ganhar dinheiro no mercado de ações. Mas também definir qual a modalidade será usada nessa fase dos seus investimentos, levando em consideração o seu momento como investidor.

Em todo caso, o ideal é contar com uma corretora para ter todas as suas operações concentradas em um único lugar, entre em contato conosco e conheça os serviços que a CM Capital oferece!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin